Write For Us

NTS - Odeio-te ft Do.Be. (Vitor Alpha prod)

Loading...
Google Rank
142 Visualizações
Published
Letra e voz: NTS e Do.Be.
Produzido e gravado por Vitor Alpha nos estúdios Recarga
Guitarras por Pedro Santos
Misturado e masterizado por Mic nos estúdios Sine Factory
Vídeo: Tiago Bavaresco - www.bavaimage.com
Letra:
Estou farto de músicas de amor
não vou falar de amor
pra quê falar de amor quando te odeio?
Odeio quando me deito e pões a cabeça no meu peito
odeio o teu jeito
nunca te disse, nunca te disse eu sei
talvez com medo guardei segredo e agora ganhei coragem
espero que entendas
já não sinto borboletas quando recebo uma mensagem tua
Pra ser sincero faz tempo que recebo uma
E o que é que aconteceu?
"o que é que aconteceu?" pergunto eu às paredes do quarto,
se elas falassem diziam-te o porquê de eu estar farto ou cansado
mas são mudas
e como tu também não mudas
fica complicado decifrar
Eu quero fechar o ciclo por mais ridículo que seja
e entregar-te numa bandeja parte do que fui
enquanto parte do que sou parte e já não volta, já não volta não
É que o tempo não volta atrás
mas ás vezes estou a vê-lo a passar
e quanto mais tempo, menos percebo
se é contigo que eu quero ficar
É que o tempo não volta atrás
mas que ás vezes estou a vê-lo a passar
e quanto mais tempo, menos percebo
se é contigo que eu quero ficar
Eu tenho inveja de ti
por isso é que te odeio e não falo de amor
porque sinto que tens amor de sobra em ti
não sei o que fazes nem como fazes
mas com a cabeça no meu peito sem falares tu dás-me frases de conforto
Sou louco por invejar o teu sorriso
o teu jeito de deixares tudo perfeito e nem dares conta disso
nunca te disse eu sei
talvez com receio de perceberes o quão especial és
e não me quereres mais como rei
Rainha espero que entendas
que ainda sinto borboletas
enquanto aguardo que atendas os meu telefonemas
e "o que é que aconteceu?" pergunto eu às paredes do quarto
pintadas por nós em Março, o nosso espaço
mais que tinta mais que cor
foi o nosso passo em frente
e tu não mudaste, continuaste transparente
quero entregar-te numa bandeja parte do que sou
enquanto parte do que fui parte e já não volta não
É que o tempo não volta atrás
mas ás vezes fico a vê-lo a passar
e quanto mais tempo, mais percebo
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu vou ficar
É que o tempo não volta atrás
mas ás vezes fico a vê-lo a passar
e quanto mais tempo, mais percebo
é contigo que eu quero ficar
É que o tempo não volta atrás
mas ás vezes fico a vê-lo a passar
e quanto mais tempo, mais percebo
é contigo que eu quero ficar
É que o tempo não volta atrás
é contigo que eu quero ficar
O tempo não volta atrás
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu quero ficar
é contigo que eu vou ficar
Categoria
Música
Faça login ou registe-se para poder comentar.
Seja o primeiro a comentar este vídeo.