PASTORE Ford Del Rey 1.8 Ghia 1991 aro 14 MT5 FWD 1.8 87 cv 150 kmh 0-100 kmh 16,5 s #DelRey

Loading...
165 Visualizações
Published
Informações Gerais
Marca: Ford
Modelo: Del Rey Ghia
Ano Fabricação/Ano Modelo: 1990/1991
Cor: Bordô
Portas: 2
Quilometragem: 10.300
Ocupantes: 5
Mecânica e Segurança
Combustível: Gasolina
Motor: 1.8 AP
Potência: 87CV
Câmbio: Manual - 5 Velocidades
Tração: Dianteira
Rodas: Liga Leve R14
Direção Hidráulica: Sim
Acessórios/Opcionais
Ar Condicionado: Sim
Trio Elétrico (Vidro, trava e espelho elétrico): Sim
Informações Extra
País de Origem: Brasil
Ford Del Rey Ghia 1990/1991 em estado de 0km! Carro com apenas 10.300km, plásticos nos bancos, Manual do proprietário. Nunca foi batido, nunca foi restaurado! Tudo original de fábrica!
Ar condicionado gelando e motor funcionando perfeitamente como novo.
Em 1985 a Ford fez algumas mudanças no Del Rey, que permaneceria praticamente intacto até o final da sua vida em meados de 1991. O sedan ganhou nova frente, semelhante a do Ford Corcel, com “grade aerodinâmica” e um spoiler que servia de moldura para os faróis de neblina. O modelo passou a contar com outras denominações. Saia de linha o Prata e Ouro e entravam o GL como básico, GLX como intermediário e o Ghia como versão top de linha. Perdeu o requinte das rodas de liga leve, mas ganhou novos itens. O aro aumentou para 14 polegadas e foi o primeiro carro nacional não esportivo a utilizar perfil 60. O modelo 1987 trouxe os retrovisores elétricos e a volta da opção de rodas de liga-leve. Com a saída de linha do Ford Corcel no ano anterior, a Ford criou a versão L, de acabamento bem mais simples, para ocupar a lacuna entre o Escort e o Del Rey. Em 1988 o modelo não teve mudanças relevantes.
Com a fusão da Volkswagen e Ford em 1987, foi criada a Autolatina, grande empresa que passou a dominar o mercado e quase canibalizou a Ford do Brasil. O Del Rey foi um dos poucos modelos que lucrou com essa fusão, pois ganhou motor AP 1.8 (o mesmo que equipava o Volkswagem Santana). Sua velocidade máxima subiu de 146km/h para cerca de 150km/h, e sua aceleração partindo da imobilidade baixava de 19 para cerca de 16,5 segundos, devido a nova redução do câmbio e pequeno aumento de potência. O Del Rey recebeu algumas mudanças mecânicas, molas recalibradas na traseira para melhorar o efeito “anti-dive” nas acelerações e “anti-squat” nas frenagens. O retrovisor externo recebeu uma base modificada foi a penultima mudança que o Del Rey recebeu em 1989. Sendo a últma diferença realmente notável entre os modelos com motor 1.8 e 1.6 era o consumo que havia subido ligeiramente.
Em 1991 o Del Rey foi tirado de linha. É um modelo muito lembrado pela modernidade que tinha em sua época, já que o seu irmão maior (Ford Landau) não possuia muito recursos modernos (como vidros elétricos, travas elétricas e retrovisores elétricos). O seu substituto, o Versailles, não obteve o mesmo sucesso devido a sua falta de carisma.
Find us on
Royalty Free Music by
Sound Effects by
Categoria
Automóvel
Faça login ou registe-se para poder comentar.
Seja o primeiro a comentar este vídeo.